segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Radar de precisão para uso na indústria

Print Friendly and PDF

Um grupo de físicos do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe, na Alemanha, mostrou que o radar pode ser uma ferramenta imbatível nos laboratórios e nas fábricas.
A determinação precisa de distâncias é cada vez mais importante nos mais diversos processos industriais, seja para controlar robôs ou tornos de precisão, seja para produzir componentes ultraminiaturizados, como os MEMS.
 
Sistemas de medição
O mais comum nesses casos tem sido utilizar réguas de vidro, sensores indutivos ou sistemas de medição a laser. As réguas de vidro têm boa precisão, alcançando uma resolução na faixa dos micrômetros - mas são rígidas e caras demais para uso diário.
 
Os sensores indutivos medem as distâncias usando um campo magnético, trabalhando sem contato, o que elimina o desgaste, mas são lentos, não conseguindo fazer muitas medições em sequência. Os lasers também fazem medições muito precisas, mas não são muito adequados para ambientes industriais, onde poeira, umidade e variações de luminosidade podem impedir as medições ou restringir sua qualidade.
 
Um radar pode funcionar em qualquer situação, mesmo em meio à poeira e neblina. Mas, como são usados sobretudo para monitoramento do clima e da qualidade do ar, ou para localizar aviões, nunca ninguém deu muita importância à sua precisão.
 
Radar para medição
O professor Nils Pohl e seus colegas desenvolveram agora um sistema de radar de alta precisão, tendo em vista o campo específico da metrologia como alvo de aplicação.
 
O radar metrológico bateu todos os recordes, medindo distâncias com uma precisão de um micrômetro, ou um milionésimo de metro - um fio de cabelo humano tem entre 40 e 60 micrômetros de diâmetro.
 
Em comparação com os sistemas de medição a laser, o radar de precisão não é apenas barato, como tem a vantagem de medir posições absolutas.
 
Além disso, a precisão foi aferida em medições feitas no espaço livre, de objetos com vários metros de extensão, o que mostra que a técnica não apenas supera largamente o laser, como é adequada para aplicações industriais.
 
Segundo os pesquisadores, quando o sistema de medição por radar chegar pela primeira vez às fábricas, ele já deverá ter uma precisão ainda maior, porque eles continuam trabalhando nesse sentido.

Fonte: CIMM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...