sábado, 15 de setembro de 2012

Parâmetros Luminotécnicos mais importantes

Print Friendly and PDF Fluxo luminoso: F
Refere-se à quantidade total de luz emitida por uma fonte. Unidade de medida: lúmen (lm).


Intensidade luminosa: I
Refere-se à intensidade do fluxo luminoso projetado em uma determinada direção. Unidade de medida:
candela (cd).

Intensidade luminosa I é a medida do fluxo luminoso F emitido em um determinado ângulo F



Iluminância: E
Refere-se ao fluxo luminoso que incide sobre uma superfície situada a uma certa distância da fonte. Ela é a relação entre intensidade luminosa e o quadrado da distância. Unidade de medida: lux (lx).

Iluminância E
Diagrama Polar

Luminância: L
Unidade de medida: candela por metro quadrado (cd/m2). Refere-se à intensidade luminosa produzida ou refletida por uma superfície aparente.

Luminância L
Eficiência energética
Unidade de medida: lumens/watt (lm/W). É a relação entre o fluxo luminoso e a potência consumida. Uma lâmpada incandescente standard clara produz de 10 a 15 lm/W, uma fluorescente compacta DULUX® (OSRAM), de 50 a 87 lm/W, e uma lâmpada de vapor de sódio NAV® (OSRAM), de 80 a 150 lm/W.

Temperatura de cor
Unidade de medida: Kelvin (K). É a grandeza que expressa a aparência da cor da luz. Quanto mais alta a temperatura de cor, mais branca é a cor da luz. A “luz quente” é a que tem aparência amarelada e temperatura de cor baixa, 3.000K ou menos. A luz “fria”, ao contrário, tem aparência azulvioleta, com temperatura de cor elevada, 6.000K ou mais. A “luz branca natural” é aquela emitida pelo sol 
em céu aberto ao meio-dia, cuja temperatura de cor é de 5.800K.



Cor da luz
A cor da lâmpada pode ser definida em termos de temperatura de cor. Existem três principais categorias:
  1. Luz quente < 3300K
  2. Luz fria, entre 3300K e 5000K
  3. Luz do dia > 5000K
Apesar de terem a mesma cor de luz, as lâmpadas podem ter diferente reprodução de cores.



Curva de Distribuição Espectral LUMILUX® (OSRAM) Cor 840

Reprodução de cor (Ra ou IRC)
É a medida de correspondência entre a cor real de um objeto ou superfície e sua aparência diante de uma fonte de luz. A luz artificial, como regra, deve permitir ao olho humano perceber as cores corretamente, ou o mais próximo possível da luz natural. Lâmpadas com índice de reprodução 100 apresentam as cores com total fidelidade e precisão. Quanto mais baixo o índice, mais deficiente é a reprodução de cores. Os índices variam conforme a natureza da luz e são indicados de acordo com o uso de cada ambiente.

Vida Mediana
Unidade de medida: horas (h). É o número de horas resultantes, em que 50% das lâmpadas ensaiadas ainda permanecem acesas.



Fonte: Conceitos Luminotécnicos - OSRAM (hospedado na IFSC)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...